As melhores pessoas estão exatamente onde deveriam estar

Imagem

Eu estava na rodoviária esperando o ônibus de volta para a minha cidade, numa dessas idas costumeiras a São Paulo, quando um garoto que colocava adoçante no café do avô me perguntou se estava indo ou vindo.

Achei engraçadinha a pergunta e sorri enquanto respondia “eu estou sempre indo e vindo”. Ele sorriu e comentou algo sobre a demora da atendente do café e eu concordei com a cabeça pensando que ele era realmente um garoto simpático e que era suficientemente bonito também. Meu café chegou ao mesmo tempo que o ônibus então eu peguei minha mochila e quase tímida disse “meu ônibus chegou, tchau”. Ele respondeu e eu pensei a viagem toda que talvez aquele menino fosse uma excelente pessoa para se conviver. Poderia se tornar um amigo daqueles que são até chatos de tão protetores ou até mesmo um namorado. Pode parecer estranho mas eu acho absurdamente atraente pessoas que adoçam o café dos avós.

Então, alguns minutos antes de cair do sono eu pensei que talvez se eu ainda morasse em São Paulo, como gostaria, conheceria um milhão e meio de pessoas simpáticas, atraentes e inteligentes e me perguntei porque as melhores pessoas moram tão longe.

Logo depois me corrigi. Nunca gostei de gente que reclama o tempo todo que as melhores pessoas do mundo moram longe de você. Porque isso não é verdade. As melhores pessoas estão exatamente onde deveriam estar: em todos os lugares.

Não é porque eu não gosto completamente da cidade onde vivo e preferiria com toda a certeza estar morando em outro lugar, que as pessoas que vivem perto de mim não são as melhores.

Toda essa evolução tecnológica, na minha humilde opinião de usuária de redes sociais desde o ranking dos mais populares do orkut, faz com que as pessoas regridam em questão de relacionamentos sociáveis.

Um celular hoje em dia permite que você esteja em vários lugares ao mesmo tempo, com várias pessoas ao mesmo tempo. E essa facilidade de escolher com quem você quer estar, te afasta de pessoas reais se você não souber dosar uma coisa chamada “presença”.

Você pode conhecer alguém muito especial em alguma viagem por aí, assim como o menino que adoça cafés. Mas se focar muito nele, você não vai enxergar outros meninos que adoçam cafés e estão do seu lado.

A grama do vizinho é sempre mais verde. Os passeios dos amigos de longe, parecem sempre mais atraentes. Mas e quem está com você o tempo todo? E as pessoas que se juntam com você para não fazer nada?

Não são as melhores pessoas que moram longe. E sim você que se distancia das melhores pessoas.

Existe espaço para o amor em qualquer lugar. Existe lugar para o amor em qualquer pessoa que vive em qualquer espaço. Existe amor em qualquer tipo de relacionamento social.

Dar valor a quem está perto de você, não faz dessas pessoas as melhores pessoas do mundo. Mas com certeza, faz de você, uma pessoa melhor.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s