Sobre amizades

Não é de hoje que meus amigos me chamam de “garota-amizade”. Não é de fato um apelido que me dá orgulho, mas também não me incomoda. Quer dizer, eu ganhei esse apelido por gostar de me dar bem com a maioria das pessoas, por gostar de ajudar sempre todo mundo que eu consigo, por incluir quem se sente excluído e coisas do tipo. Acho que apelidos se tornam ruins quando ele remete a uma coisa ruim que você faça. Mas nesse caso, é um apelido válido.

Durante minha vida tive muitos amigos. Alguns se foram simplesmente por conta da distância, mudanças de cidade/país. E outros mesmo distantes ficaram.

Vejo sempre pessoas se vangloriando de ter “poucos e bons” amigos. Eu quero sim que meus amigos sejam bons, mas gostaria de ter um milhão deles. Uma característica minha é justamente essa: gostar de estar cercada por pessoas.

Durante toda minha vida eu nunca havia presenciado “um fim abrupto de amizade”. Brigo bastante com alguns amigos (os mais próximos na maioria das vezes) e sempre nos acertamos. Algumas vezes fico irritada ou chateada, mas passa.

Aconteceu ano passado, bem do comecinho do ano, quando perdi uma amiga. Foi estranho e doloroso porque era uma pessoa que eu considerava de um jeito que chegava a doer meu coração e de repente ela decidiu que deveria ser assim e cortou todos os contatos comigo.

Não vou negar que sinto falta dela até hoje. Mas sempre tento me lembrar que os bons amigos ficam.

Valorizo tanto minhas amizades que qualquer um próximo a mim sabe que eu não SUPORTO que falem mal de outros amigos que tenho. Acho uma questão mínima de respeito.

Um amigo não zomba de você caso isso te faça mal. Não fala mal de você para outros amigos enquanto na sua frente finge que está tudo bem. Não tripudia em cima de suas convicções. Não contesta todas as suas opiniões. Não se acha superior a você.  Não te usa como step. Não te provoca por maldade. Não te alfineta por diversão. Não te julga. Não tenta te mudar. Não te ignora. Não trata seus sentimentos com irresponsabilidade. Não te inferioriza. Não tem inveja de você. Não é indiferente.

Um amigo zomba de você para te fazer rir. Conta orgulhoso façanhas suas para outros amigos. Respeita suas convicções. Contesta suas opiniões com educação. Te considera tão igual que poderiam ser irmãos. Te arranca de casa a tapas só para poder sair com você. Te provoca para te dar vontade te lutar. Te alfineta só quando quer dizer que te ama e não quer parecer babaca. Vira esteriótipo com você. Te lembra se ser sempre você mesmo. Lê todos seus movimentos. Cuida de você. Te elogia. Torce por você. Se preocupa.

Qualquer coisa fora disso te machuca, te atrasa, te diminui.

Ano passado foi a primeira vez que uma amiga minha faleceu. E eu fiquei tão acabada pelo fato de ter perdido a “amizade” dela, que demorei demais para perceber que os amigos de verdade não deixam de ser amigos nem quando morrem.

Amigos não deixam de ser amigos em nenhuma circunstância. Se deixam, é porque nunca foram de fato.

Anúncios

Um comentário sobre “Sobre amizades

  1. Quase caiu uma lágrima. Só eu sei o quanto você já me ajudou nesse sentido. O quanto deu sua cara a tapa e o quanto me defendeu quando me senti vulnerável, mesmo que te custasse algo. O quanto já me fez chorar pra que eu abrisse os olhos e fosse mais forte. O quanto me fez rir para que eu não ficasse triste por mais um minuto.
    Já brigamos por bobeira e não ficamos um mês sem conversar.
    Li uma vez que amizades duram em média 5 anos. Fiz as contas e esse já é o 7º.
    Depois de tantas provas, o estudo cai por terra. Desde a primeira vez que corremos uma em direção à outra, gritando ” É você!” e do abraço ~ chorando ~ no mesmo dia, depois de uma conquista minha, eu soube que você era pra sempre.
    A irmã que eu não tive. A mais velha e a mais nova (depende da ocasião) – como sempre te disse.
    Me orgulho de você.♥

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s