Já ta chegando?

Em toda a minha vida eu nunca tive paciência. Quando tinha cinco anos eu decidi que não queria continuar na pré-escola. Não teria paciência para esperar mais um ano até chegar no ensino fundamental. E assim foi, fiz uma provinha e era a criança mais nova da primeira-série (e de todos os anos seguintes).

Nunca gostei de esperar em carros ou ônibus por longas viagens, sempre perguntava o tempo todo se “já estava chegando”. E com aviões não foi diferente. Ainda os acho lentos demais para minha paciência. 

Se fico doente prefiro as injeções, se estou com fome escolho fast food, odeio secar o cabelo porque demora muito tempo e prefiro ficar com as unhas sem fazer se precisar sentar mais do que trinta minutos na frente de uma manicure.

Se alguém normal perde o raciocínio em sessenta minutos, em trinta eu com certeza já perdi. Preciso de respostas imediatas e claras. Gosto que me expliquem tudo da forma mais simples. Nunca fui de encher linguiças nem em provas de escola. No vestibular raramente conseguia sair com o gabarito. Se o ônibus demora prefiro ir a pé. Se a fila do banco demora prefiro não pagar a conta. Se o cabeleireiro demora saio do salão com o dinheiro e compro uma roupa nova para não repararem na minha cabeça.

Sou assim com tudo, não seria diferente com meu coração. Se eu gostei, gostei e pronto. Tenho certeza que gostei, não vou mudar de idéia. Não tenho paciência para esperar o tempo dos outros. E não é por mal. Minha impaciência quando não respeitada começa a me fazer mal. Me deixa chata, depressiva, revoltada. Me deixa chorona, inconformada, mata minha auto estima. Eu preciso das coisas alí na hora. Pra mim se o amor espera ele apodrece. Quem não gosta com duas semanas, não vai gostar com dois meses ou dois anos. O coração de pessoas normais bate em média 70 vezes por minuto. O meu bate 120. Os médicos chamam de Prolapso da válvula mitral e eu chamo de pressa.

As pessoas dizem que não me entendem porque eu falo rápido demais, porque respiro rápido demais, porque sinto rápido demais, porque mudo de ideia rápido demais, porque vivo rápido demais.

E quem anda rápido demais cansa antes dos outros. Eu vivo cansando da vida. Mas descanso rapidinho e já saio por ai. Me apaixonando em dois dias, me decepcionando em duas horas, desabafando em dois minutos e me recuperando em dois segundos.

Então, vocês que sabem esperar, por favor esperem sentados a hora que eu vou voltar calmamente para pingar todos os i’s.

Porque no que depender da minha impaciência, minha vida vai continuar respingada assim.

 

Anúncios

Um comentário sobre “Já ta chegando?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s