Síndrome de Peter Pan

Um dia, um cara chamado Peter Pan, que usava um tipo de roupa que não era tendência e era taxado de estranho, disse que não queria crescer porque o amor acaba, quando as pessoas crescem. Provavelmente ele esteja bebendo em algum boteco por aí, tentando esquecer que ficou velho e a única coisa que eu sei, é que ele tinha razão.

Há sentimentos que passaram por mim quando eu tinha doze anos e que hoje, com a idade ao contrário, eu me vejo incapaz de reviver. A verdade é que eu sinto falta de quando as pessoas gostavam umas das outras de graça.

Quando a gente é criança, se apaixona perdidamente pelo colega que senta na cadeira da frente, sem ele precisar fazer nada para isso. Ele só precisa ser ele mesmo, para que um dia, de repente você perceba que gosta dele. Isso não acontece depois que a gente cresce.

Porque quando se é criança, não existem artifícios. Você gosta do menino independente do que ele quer ser quando crescer, da bicicleta que ele tem e nem se preocupa com a fama, já que ele não tem uma. O fato dele cuidar bem dos brinquedos, significa que ele também cuidará bem de você. E longos namoros se sustentam em mãos dadas e beijos na bochecha.

Eu sinto falta de quando as pessoas se apaixonavam primeiro, para depois se beijarem e me pergunto a que momento os adultos inverteram a ordem das coisas. Por que agora a gente precisa fazer um test drive antes de gostar de alguém? E por que esse maldito teste precisa durar tanto tempo? E por que você precisa ser impecável durante todo esse tempo para que a outra pessoa simplesmente não “desista de gostar de você” ?

Peter Pan tinha razão. Não tem magia nisso.

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s