Santo Antônio

Em defesa de Santo Antônio, que claramente se vê sobrecarregado no dia de hoje, eu venho lhes dizer caros amigos, que não falta namorado por aí. Caso se sintam sozinhos demais nessa data que sucede o dia dos namorados ou influenciados pelo frio do mês de junho que faz lavagem emocional nos nossos corações, não se preocupem porque eu tenho certeza de que não é difícil encontrar alguém disposto a dividir o travesseiro.

Mas caso você seja daquele tipo de gente doente de romantismo e que procura alguém para dividir as estrelas ou o pote de nutella, pode ser que encontre certa dificuldade. Gente tem aos montes. Gente bonita, gente legal, gente disposta. O que falta é amor.

E se falta o tal do amor e ninguém consegue encontrar, eu sinto muito dizer que não é Santo Antônio que vai fazer o milagre. Porque o amor não vem do céu, vem de dentro. Falta para as pessoas a coragem de acabar com essas defesas e tirar o coitado do amor do porão. Falta parar de emitir vez ou outra esses lampejos de felicidade instantânea. Falta loucura porque sobra pés no chão. E também sobra desculpa de coração partido que não quer sarar. Sobra auto-sabotagem. Sobra gente que poda a própria felicidade e nem percebe.

Também falta gente cheia por aí. Cheia das próprias convicções, cheia de amor e carinho para a humanidade, cheia de tolerância e compreensão e livre de preconceitos. E sabe o que enche gente vazia? O amor. Ele sim faz milagre, não o santo. 

Mas se você quiser cair na simpatia mesmo, pede pro santo esvaziar esse povo meio cheio, meio vazio pra chegar alguém e encher de novo. Pede pra tirar essa mania de se sabotar o tempo todo e fingir que está feliz quando não está. Não pede para desenrolar os rolos por aí. Pede pra dar nó cego. Não pede pra tirar as cervejinhas de final de semana, nem o futebol da sexta, nem a balada do sábado, nem o churrasco da faculdade. Pede pra fazer tudo isso junto. Pede pra dobrar, grudar, amassar, morder. Pede amor pra você e pra coitada da vizinha. Pede fé pra quem parou no meio do caminho. Pede carinho pros corações de gelo. Pede super bonder pros corações quebrados. Pede coragem pros arrependidos. E esquece essa história de santo, de anjo, de cupido. Só não deixa morrer o amor que tem em você, porque já falta amor demais por aí.

Santo Antônio, multiplica os corações solitários e depois pode deixar que a gente divide tudo por dois.

Anúncios

3 comentários sobre “Santo Antônio

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s